“Autismo: caminhos para a superação”

autismoEntre as dezenas de atividades que o Museu da amanhã oferece ao público, há dezenas de palestras. No próximo dia 16 será a vez do “Autismo: caminhos para a superação”, no Observatório do Amanhã, no dia 16 de dezembro, às 15h.

 Existem no Brasil dois milhões de pessoas diagnosticadas com alguma desordem do “espectro autista”, um distúrbio com diferentes níveis de comprometimento – e ainda imerso em muitos tabus e desconhecimentos. Com prejuízos na interação social, associados a comportamentos repetitivos e interesses restritos, os autistas ainda não dispõem de um medicamento específico para tratá-los. É possível alcançarmos, de fato, a cura? O que é possível descobrir com novos testes genéticos? Para discutir essas questões, o cientista brasileiro Alysson Muotri, um dos maiores pesquisadores do assunto no mundo.

Reconhecimento internacional

 O biólogo formado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) com doutorado em genética pela Universidade de São Paulo (USP), e o primeiro a mostrar que o autismo é curável a nível molecular e celular, criando o conceito de reversibilidade da condição. Desde 2008 é professor da faculdade de medicina da Universidade da Califórnia, onde lidera um grupo de pesquisa pioneiro no uso de modelagem celular usando reprogramação genética. Muotri vem ao Brasil lançar um livro, com artigos publicados num blog, e com uma série de ilustrações feitas por artistas autistas. Vale a pena conferir.

Fonte: http://museudoamanha.org.br/

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *