Ciclismo de Estrada: oferece belas imagens naturais do Rio

 

Ciclismo

Foto de Renato-Sette-Camara: Ciclismo-de-Estrada

Entre mar e montanhas o Ciclismo de Estrada passou sem problemas no percurso  de bairros e fechamento de ruas. Com um visual alucinante, a competição que foi a primeira encima de uma bicicleta (segundo o Portal Oficial do Governo Federal Sobre os Jogos olímpicos e Paraolímpicos de 2106), teve sua largada no bairro de Copacabana (zs), por volta das 9h30 e partiram rumo a Guaratiba. A prova foi “casca grossa”, os ciclistas deram quatro voltas em Guaratiba, passando pela serra da Grota Funda, para retornarem a Barra da Tijuca, São Conrado e subiram o Joá, onde deram mais quatro voltas descendo pelo Horto, pegando o Jardim Botânico e finalizando em Copacabana.Ciclismo-de-Estrada_Renato-Sette-Camara-5-2VistaChinesa

Os competidores pedalaram um total de 240 km, passando por 14 bairros e fechando vias de 0h às 18h do último sábado (06/08). A competição foi um das mais emocionantes. O público que estavam nas ruas dos bairros de: Copacabana, Ipanema, Leblon, Horto, Jardim Botânico, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Rocinha, Vidigal, Alto da Boa Vista, Guaratiba, puderam apreciar um ciclismo de alto nível e com direito a lugares naturais que somente o rio tem.

Prainha
Foto: Ciclismo de Rua- Prainha.

A modalidade mobilizou 430 homens na operação da prova, com o auxílio de 35 veículos, 15 reboques, 80 motos e 35 painéis móveis de velocidades (PMVs). As vias bloqueadas foram liberadas ao tráfego ao longo do dia.

O ciclista belga Greg Van Avermaet cruzou a linha de chegada para ganhar a medalha de ouro com o tempo de 6h10m05s, logo à frente do dinamarquês Jakob Fuglsang, medalha de prata, e do polonês Rafal Majka, que ficou com o bronze.

pablomarlon@basedenoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *