DataQuanti: desenvolve plataforma para aumentar faturamento de empresas, mensurar riscos e manter clientes com satisfação

Pesquisa-de-Satisfação-de-Clientes-Retenção - CópiaOnde há crise tem oportunidade: Assim surgiu a DataQuanti, empresa que desenvolvedora de  indicadores de negócios para o segmento de pesquisas e de Business Intelligence (BI). Através de plataformas que mensuram resultados e que funcionam como um Hub, a empresa já  atua em todo o território nacional e atende clientes de vários segmentos como área fiscal, varejo, tecnologia da informação e institutos de pesquisa que terceirizam a solução tecnológica.

A frente da DataQuianti o CEO o Fábio Potier que conversou com  Base de Notícias e dimensionou a forma como sua empresa está atuando e ajudando outras organizações a se manterem dentro do mercado atuante.

 Base de Notícias x Fábio Potier

Base de Notícias – A plataforma ajuda que porte de organização?

Fabio Potier – A plataforma atende a todos os portes de organização, de microempresas a empresas de grande porte. Atuamos hoje não somente com uma plataforma, ela serve de apoio a um trabalho mais completo.

Base de Notícias – Como surgiu a necessidade de desenvolver esta plataforma?

Fabio Potier – Iniciamos em 2013 uma parceria com a empresa QuestManager, detentora de uma plataforma de pesquisa fortíssima, uma empresa brasileira que atende em nível mundial a perfis de pesquisa mais profissionais, que exigem recursos além das plataformas mais básicas. A QuestManager atende hoje a alguns dos maiores institutos de pesquisa no país e no mundo. Por ser uma plataforma focada a soluções mais complexas, o custo da mesma acabava sendo muito elevado para projetos menores.

Enxerguei a oportunidade de atender a este grupo que não conseguia investir em um projeto pela QuestManager e devido ao fato de já ter feito parte do quadro de gestão da empresa, tive todo o apoio deles para criar a DataQuanti fazendo uso inicialmente pela plataforma deles a um custo muito menor que o praticado no mercado, sempre tomando muito cuidado para que os interesses não conflitassem. Com o passar do tempo, surgiu a necessidade de gerar diferenciais onde, hoje, utilizamos ferramentas nossas integradas ao QuestManager.

Base de Notícias – De que forma essa plataforma mensura o índice de satisfação do cliente?

Fabio Potier – Quando falamos em pesquisa, a primeira coisa que nos vem em mente é a pesquisa de satisfação. A pesquisa de satisfação nos dá um posicionamento, mas não nos dá a oportunidade de trabalhar individualmente os clientes nem de mensurar quem são os “promotores” de nossa marca. Em um exemplo, se um respondente dá nota 0 e outro dá a nota 10, temos uma nota de satisfação 5… mas e quem deu 0, como trabalhamos? Utilizamos hoje com mais intensidade, a pesquisa NPS (Net Promoter Score), utilizadas hoje pelas maiores empresas globais, porém, muito pouco utilizada no Brasil por conta do valor elevado. Conseguimos trabalhar com o NPS com valores reduzidos e assim a empresa consegue saber exatamente quantos são seus detratores, neutros e promotores de sua marca. Utilizamos hoje, outros recursos associados ao perfil NPS, gerando a possibilidade de aplicar alertas em tempo real caso seja identificado um cenário crítico na pesquisa, assim a empresa tem a possibilidade de entrar em contato com o respondente e solucionar o problema além de poder dar atenção ao mesmo de forma ágil e dinâmica, convertendo um detrator em promotor.

Base de Notícias – Como é feito esse diagnostico e em que momento é uma empresa contratante tem a real necessidade desse serviço?

Fabio Potier – A grande maioria das empresas “acha” que está indo bem ou “acha” que o problema é um específico. Quando se consegue mensurar os pontos mais críticos, pode-se trabalhar com mais assertividade.

Toda empresa hoje tem essa necessidade, seja ela B2B e principalmente B2C. É fato que por conta de fatores econômicos além de outros, os clientes estão mais exigentes e da mesma forma, as empresas estão se empenhando mais, aumentando a concorrência. A busca de diferenciais no mercado com intuito de encantar os clientes é essencial hoje e, uma correta interação com eles é uma excelente forma de mostrar que o cliente não é apenas mais um na multidão, que ele pode ser tratado de forma individualizada.

Base de Notícias Em que momento o acompanhamentos desse serviço se traduz em rendimentos reais para a empresa?

Fabio Potier – Se imagine entrando em uma loja… você é atendido por um vendedor e fez a compra.Agora pense: quanto tempo você aguardou para ser atendido? O vendedor teve boa vontade? Foi falso? Entendeu a sua necessidade? Quando entramos em uma loja, saímos de um ambiente para entrar em outro completamente diferente, som diferente, luminosidade diferente, produtos diferentes… neste momento, percepções são geradas e podem concretizar uma venda. É fato que experiências bem sucedidas fazem com que o cliente seja fidelizado, retornando àquela loja para novas compras. Quando o trabalho se solidifica, os resultados financeiros vêm por consequência. Treinar somente não basta, é necessário acompanhar de forma intensa se o conhecimento está sendo aplicado e saber se está sendo reconhecido pelo cliente. O trabalho está totalmente focado na EXPERIÊNCIA do CONSUMIDOR.

Base de Notícias Para cada situação existe um modelo de serviço? Por exemplo: cada organização tem o seu próprio modelo de gestão, daí essa empresa trabalha com linhas de produtos, a plataforma é capaz de mensura o porquê da queda de um produto e saber em que ponto pode-se atuar para melhorá-la ou alavancar as vendas do mesmo?

Fabio Potier – Sim, hoje trabalharmos de forma totalmente personalizada. Para reduzirmos o custo do projeto, estamos trabalhando em uma plataforma que dê a possibilidade de personalizar o trabalho para cada empresa porém mantendo a grande parte do trabalho inalterada. O que estamos trabalhando agora é na definição de perfis para segmentos distintos, como hotelaria, concessionárias e construção civil. Quanto a variação de venda de um produto, pode ser atribuído a qualidade do mesmo, diversificação, marketing entre outros. Há a possibilidade de entender qual a real busca do consumidor e, a partir daí, trabalhar as objeções.

Base de NotíciasA DataQuanti Solutions, monitora os indicadores para os clientes contratantes, como é feito essa troca de informação… diária…semanal, mensal… Como?

Fabio Potier Este é um projeto contínuo, neste caso o cliente tem acesso a um painel podendo acompanhar em tempo real os indicadores mais importantes para seu negócio, esta é a melhor forma de ter ações ágeis e proativas.

Base de NotíciasNa atual conjuntura político/econômica que o país atravessa as soluções coorporativas que a DataQuanti apresenta da um posicionamento de mercado para uma empresa que a contrate para dimensionar aonde ela pode atuar como por exemplo: uma boa perspectiva de venda… oportunidades?

Fabio Potier – Toda empresa possui um “target” definido. O que trabalhamos é para que a empresa consiga enxergar onde está acertando e errando para fazer os ajustes de forma mais assertiva e ágil.

Base de NotíciasQuem são os clientes atuais da DataQuanti Solutions?

Fabio Potier – A DataQuanti possui hoje clientes de vários segmentos, como área fiscal, varejo, tecnologia da informação assim como institutos de pesquisa que terceirizam a solução tecnológica.

Base de NotíciasA DataQuianti Solutions atua somente no Rio de janeiro ou em território nacional?

Fabio Potier – Atuamos em todo o território nacional para o segmento de pesquisas e de Business Intelligence (BI). Para soluções corporativas como Treinamento e Desenvolvimento, diagnósticos entre outros, também trabalhamos Brasil, mas o foco maior é região sudeste.

Base de NotíciasA DataQuanti Solutions, surgiu de qual diferencial?

Fabio Potier A DataQuanti surgiu do fato de ter enxergado oportunidades no mercado por conta de crise, nosso principal foco é em levar diferenciais para nossos clientes.

 Sobre o CEO Fábio Potier é atualmente Responsável pela área comercial, financeiro e segmento de pesquisas da DataQuanti.

  • Tem especialização tecnológica (certified network engineer) com ênfase em projetos de grande porte e processos
  • Já atuou em empresas de varejo, indústria e serviços nas áreas Comerciais e Marketing.
  • Experiência na área de pesquisas, gerindo projetos quantitativos e qualitativos para institutos de pesquisa e empresas de diversos segmentos.

Mais sobre a DataQuanti aqui:

http://www.dataquanti.com.br/

pablomarlon@basedenoticias.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *