Eleições 2016: será que tem renovação?

Eleições2016 - CópiaAs eleições municipais de 2016, ao que está parecendo, serão marcadas por um diferente índice. De votos brancos, nulos e abstenções. Os brasileiros, além de estarem cansados de assistir inúmeros shows de horror protagonizados por políticos brasileiros, onde o enredo é sempre o mesmo: roubo do dinheiro público ou esquemas milionários envolvendo a máquina estatal são, sem dúvida, consequências que despertou na população uma melhor analise para as eleições desse ano. Uma tendência é que os eleitores estarão mais atentos em relação ao seu poder de voto.

A prática do enriquecimento ilícito mediante os cargos públicos não acontece somente no Brasil. Mas, a nossa pátria amada é a número um no ranking. As pessoas comuns que estão se lançando para cargos públicos como vereadores parecem está travessando enormes dificuldades de aceitação. O discurso dos aspirantes a cargos públicos municipais estão recheados de questionamentos com quem já exercem mandatos praticamente vitalícios ou aqueles que se perpetuam há tempos no poder público. A renovação vem. Mas é preciso que o eleitor saiba o que estará fazendo. Atenção é um fator chave para as eleições municipais de 2016, uma vez que, o caos ideológico proveniente da política federal assolou o Brasil. O cenário ainda é muito indeciso tanto para prefeitura, quanto para quem vai assumir gabinetes dia 01 de janeiro de 2017 na câmera de vereadores.

XAVIER III
Foto de Severian Clístenes: Rafael Xavier

 O Base de Notícias assistiu algumas reuniões de partidos, e na ocasião conversou e tem conversado com cidadãos comuns que por algum motivo desejam entrar para o mundo político. Este grupo de postulantes é bastante variável: são médicos, empresários e professores, que tiveram alguma ascensão, alçando assim uma estabilidade financeira. Até líderes comunitários descobriram um novo nicho para chegar até a Câmara dos vereadores. Criaram uma plataforma de líderes onde a dinâmica é fortalecer apenas um para serem fortes no conjunto da obra.

O Base de Notícias entrevistou Rafael Xavier, um dos candidatos, e na ocasião ele disse que basta haver alguém com vontade de transformação e que se candidatou para não ver um quadro que se repete a cada eleição que é a promessa que nunca será cumprida.

ALEIXO PALCO II OSORIO
Foto de Severian Clístenes: José Aleixo

 Segundo Xavier, o dinheiro público assim como os conchavos políticos não o interessa. A sua rentabilidade vem das suas próprias empresas, daí um empresário bem sucedido.

 Para o empresário da região e candidato José Aleixo, a melhor forma de ajudar a região é a eleição dele para vereador. Outro candidato que se lança para mais uma jornada eleitoral é o Professor Adalmir.

Adalmir Inteiro
Divulgação: Professor Adalmir

O catedrático faz parte do Movimento “Juntos Nós Podemos”, da região dos bairros de Anchieta, Ricardo de Albuquerque e adjacentes.  Adalmir vem representando os líderes dos bairros citados e pretende combater as insatisfações dos moradores.

 Pelo sim, pelo não, os políticos brasileiros em especial do Rio de Janeiro, precisam ter um pensamento e ações mais voltadas para o benefício dos moradores e a própria cidade. A situação no Rio de Janeiro é uma catarse sem tamanho. Este ano é um momento ideal para uma boa resposta.

 Ao que tudo indica, o cenário tende a mudanças. O caos estabelecido pelo governo federal despertou um grau de muita rejeição em relação aos políticos brasileiros. Por sua vez, os candidatos utilizam discursos tendo como base os seus sucessos nas carreiras profissionais. Se isso é um critério de segurança para o cidadão, não se sabe. Não há como prevê. Só pagando, ou melhor, votando  para vê.

pablomarlon@basedenoticias.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *