O improvável aconteceu: o nova-iorquino Donald Trump é o mais novo presidente dos Estados Unidos.

US-ELECTION/TRUMP

Foto: US-ELECTION/TRUMP

Em uma campanha marcada por baixarias, troca de acusações e pesquisas que apontavam a democrata Hillary Clinton como vencedora, quem saiu como eleito foi o Donald Trump do partido republicano. O ex-apresentador de talking show foi eleito com votos em lugares chaves como, Iowa, Ohio, Wisconsin e Flórida.

Hillary, contava com os votos desses lugares. Mas, ao que tudo indicou a densidade populacional branca e do campo, decidiu votar em Trump, fazendo total diferença nos resultados.

Donald Trump é o 45º presidente eleito dos Estados Unidos. O teor do seu primeiro discurso teve como promessa, o pedido de união ao povo americano para reorganizar a estrutura do país. 

“Serei presidente para todos os americanos. É isso que quero fazer agora por nosso país”, falando em tom otimista.

A chegada de Trump à Casa Branca é uma quebra de paradigma. Algo que aspirava ao improvável por tudo que o megaempresário veio faz no decorrer da sua campanha. Essa vitória demostra que os americanos brancos e ricos, e, minorias pro Donald, querem provar algo de novo. Na América, é difícil manter dinastias no poder. A vitória do magnata comprova que suas mentiras não tiveram nenhum efeito prejudicial a ele mesmo. As ofensas idem. Taí o resultado. Resta saber se o que fizeram terá como resultado, um tiro no escuro.

pablomarlon@basedenoticias.com.br 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *