Parque Industrial Bellavista realiza expansão em Macaé: empreendimento com grandes empresas mundiais do setor de óleo e gás realiza evento e anuncia ampliação de negócios

 

Complexo1
Foto: Complexo

O Parque Bellavista, um dos maiores empreendimentos industriais do Rio de Janeiro, com cerca de 1 milhão de m² já ocupados por algumas das principais empresas mundiais do setor de petróleo e gás, anuncia expansão. Sua área total passa a ser de 3 milhões de metros quadrados, disponíveis para venda ou aluguel. O empreendimento já conta com grandes empresas operando: Petrobras, Schlumberger, National Oilwell Varco , Nalco Champion e Swire Oilfield Services, são algumas delas.

Para Leonardo Dias, (empresário do Parque) o empreendimento vai otimizar tempo e economizar dinheiro.  “Com a pavimentação da Estrada de Santa Tereza, o Parque Industrial será conectado à BR-101, economizando tempo e dinheiro no transporte de cargas além de promover mais segurança e rapidez no acesso a outros centros, como Campos, Vitória e todo o Rio de Janeiro. O Parque Industrial oferece nessa etapa de expansão todos os terrenos já terraplanados. Temos importantes diferenciais como: transporte público já disponível para a área do empreendimento, nossas vias de acesso foram planejadas para tráfego de veículos pesados e o complexo já conta com serviços de fibra ótica, gás natural, rede de energia elétrica de alta capacidade, coleta de lixo”, diz Leonardo Dias.

Complexo
Foto: Parque Industrial Bellavista – Macaé

Outro fator importante para quem desejar se localizar no Parque Industrial é o fato do complexo estar licenciado. Bastante significativo para os negócios. “O Bellavista possui uma licença exclusiva em toda a sua região e está 100% licenciado com base em estudos aprofundados e detalhados. Isto nos garante segurança e credibilidade para realizar nossas atividades em todo o empreendimento”, explica o empresário.

 

 

 

 

 

paablomarlon@basedenoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *