Plenário da Câmara reunido para votar denúncia contra Temer por crime de corrupção passiva

pilantraO Plenário da Câmara já está reunido para votar o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise denúncia contra Michel Temer, por crime de corrupção passiva (Solicitação para Instauração de Processo).

Michel Temer foi denunciado ao Supremo pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelo crime de corrupção passiva nas investigações decorrentes da delação de Joesley Batista, do grupo J&F.

Temer foi acusado de ser beneficiário dos recursos entregues pela empresa ao ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, que havia sido assessor especial da Presidência da República. Conforme a Constituição, um eventual processo contra o presidente da República no Supremo, por crime comum, só pode ser aberto com aval de 2/3 dos deputados (342 do total de 513).

Somente em emendas foram distribuídos aos deputados aliados mais de R$ 4bi  com a finalidade de que os mesmos pudessem apoiar Temer. Em pesquisa recente feita pelo Ibope o golpista alcançou o maior índice de rejeição já visto cerca 94% de rejeição pelo eleitores.

e-mail: marlonpablo@basededenoticias.com.br

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *