Projetos de acessibilidade na web recebem prêmios no Rio Media Center-RJ

Foto: Paulo Araújo
Foto: Paulo Araújo

Aconteceu nesta quinta-feira (15/09), no auditório do Rio Media Center (RMC) a 4ª edição do Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web (Todos@Web). O objetivo é reconhecer iniciativas que tornam a internet mais acessível.  O evento é uma parceria entre o Ceweb.br, o consórcio World Wide Web (W3C) e a Empresa Olímpica Municipal. “O Prêmio Todos@Web coroa o trabalho de um conjunto de pessoas comprometidas com a acessibilidade. “É significativo que estejamos fazendo esse evento aqui no RMC, durante as Paralimpíadas”, disse Vagner Diniz, gerente geral do W3C, comunidade internacional que   desenvolve padrões para garantir o crescimento da Web.

Pela Manhã o primeiro palestrante do dia foi de José Antonio dos Santos Borges, coordenador dos projetos de acessibilidade do Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que fez um apanhado histórico da internet desde 1988, quando a rede Bitnet, restrita ao mundo acadêmico, era usado exclusivamente por pesquisadores. Segundo ele, em  1990, quando surgiu o RNP, que fundou a infraestrutura para os primeiros serviços de internet pública, alguns cegos já usavam serviços de rede: “Eram todos programadores, especialistas que usavam o chamado papagaio, um sintetizador de voz na época. Havia também um ou outro display em braile, mas era raro”.

Foto: Paulo Araújo
Foto: Paulo Araújo

Borges também citou iniciativas de seu núcleo de pesquisas, como o projeto Intervox, que em 1996 conseguiu reunir 400 cegos que usavam 12 linhas de internet discada; e de empresas, como o Bradesco, que em 1998, a pedido de um cliente cego, investiu na criação de um sistema de leitor de telas para Windows. Depois, diante da dificuldade do público em usar a ferramenta, a empresa investiu ainda mais em treinamento para deficientes visuais, por meio da Fundação Bradesco.

Participaram também o coordenador do Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web (Todos@Web), Reinaldo Ferraz no painel de debates Legislação e Acessibilidade na Web com Bruna Castanheira, pesquisadora do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Direito Rio. “A acessibilidade existe para que diferenças sejam respeitadas”, disse ele, após comentar sobre a dificuldade no cumprimento das diversas legislações referentes ao tema.

Foto: Paulo Araújo
Foto: Paulo Araújo

O último debate da manhã, sobre audiodescrição na web, reuniu a pedagoga Rachel Ventura Espinheira, professora do Instituto Benjamin

Foto: Paulo Araújo
Foto: Paulo Araújo

Constant, e Diego Oliveira, criador da Start up Legenda Sonora. “A web tem uma infinidade de informações visuais e a audiodescrição é fundamental para que o deficiente visual se sinta incluído”, disse Rachel.

Diego mostrou o e- mail recebido da mãe de uma menina de 6 anos, que “ouviu” um episódio do Castelo Rá Tim Bum no site dele e escreveu agradecendo. “Eu não devia me emocionar com isso. A audiodescrição não deveria ser uma coisa mágica, especial. Devia ser algo comum, que já fizesse parte de nossa realidade em grande escala há tempos”, explicou.

Pela tarde houve a cerimônia de premiação e os seguintes vencedores foram:

Foto: Paulo Araújo
Foto: Paulo Araújo

Prêmio Marco Antonio de Queiroz – MAQ
Portal Unimed Fortaleza

Categoria Pessoas / Instituições
Professor José Antonio Santos Borges, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Categoria Projetos Web Governamentais
1º lugar – Portal Dataprev
2º lugar – Site do Núcleo de Acessibilidade e Usabilidade da Unirio
3º lugar – Portal de Serviços de Vitória

Categoria Projetos Web Sociedade
1º lugar – Portal Unimed Fortaleza
2º lugar – Website Luiza Caspary
3º lugar – A1br.org – o primeiro portal de notícias acessível do Brasil

Categoria Aplicativos / Tecnologia Assistiva
1º lugar – Suíte VLibras
2º lugar – Ases WEB
3º lugar – F123 Access

Fonte: Rio Media Center

e-mail: marlonpablo@basedenoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *