Rio WebFest 2016: Rio sediará um dos maiores festivais de WebSéries do Mundo

 

 

RWF1 Por Pablo Marlon

Com sua primeira edição realizada ano passado, o Rio WebFest de 2016, promete ser inesquecível. Para este ano, o evento contará com novidades: será realizado em vários espaços da moderna Cidade das Artes, terá exibição das webséries da mostra competitiva, palestras de criadores, workshops “Como fazer uma web série”, exposição Panorama Web Fest, palestras com diretores e distribuidores da TV e da web, festas de networking, rodada de negócios, masterclasses com convidados internacionais e a caminhada pelo tapete  vermelho até a cerimônia de premiação.

 Segundo Leandro Silva, coordenador do evento, o ápice do festival será a cerimônia de premiação que vai ser transmitida ao vivo pela internet logo após do tapete vermelho. “Nela serão distribuídos os troféus Zé para os vencedores de cada categoria, seleção oficial direta para outros festivais pelo mundo e prêmios em dinheiros” conta o coordenador do festival, Leandro Silva.

Nesta 2º edição do Rio WebFest 2016 serão distribuídos 39 troféus personalizados que recebem o nome de Zé, criação do cenógrafo carioca João Batista. Haverá  prêmios em dinheiro para quatro categorias: Melhor Série Brasileira, Melhor Série Internacional, Melhor Vlogger e Voto Popular. RWF2 (1)Além desses, serão distribuídos 9 Silver Tickets (seleção oficial direta para festivais internacionais parceiros), e uma série nacional vai ganhar o Golden Ticket (seleção oficial direta para o Marseille Web Fest, com passagem e hospedagem pagas).
O festival conta hoje com duas dezenas de web fests parceiros internacionais na América do Norte, Europa, Oceania e Ásia. A importância de um festival internacional de webséries no Brasil é conectar a produção brasileira audiovisual para Internet com o resto do mundo. Nossa língua materna, o Português, nos transforma numa gigantesca ilha de entretenimento, cercada de países que fala espanhol ou inglês. Nossa proposta é trazer mais uma vez para o Rio produtores de audiovisual estrangeiros, para ao mesmo tempo conhecer o que fazemos e compartilhar seus vídeos com o nosso público – explica Leandro.

Este ano o Jean Michel Albert, diretor do Marseille Web Fest, virá ao Rio para conhecer as webséries brasileiras e levar uma para edição 2017 de seu festival. Historicamente, 70% dos selecionados para o Marseille Web Fest, evento  mais antigo e importante do ramo na Europa. Geralmente, os competidores sempre voltam para seus países com pelo menos um contrato de distribuição assinado por algum canal de televisão ou distribuidor digital.

Graças ao Rio Webfest, o Brasil agora integra o circuito mundial dos webfests e levou mais de dez trabalhos nacionais diretamente selecionados para outros festivais incluindo Los Angeles, Buenos Aires, Roma, Montreal, Sicília, Marselha, Seul e Melbourne.RWF2 (2)

Assim como as webséries, os web fests são também um fenômeno muito recente e mais da metade dos existentes no mundo teve sua edição inaugural ano passado junto com o Rio Webfest 2015.  Vale ainda ressaltar que o evento deste ano, será a etapa final da WSWC, a Copa do Mundo das Web Séries.

Estão abertas, do dia 1 de junho até o dia 30 de setembro de 2016, as inscrições para a mostra competitiva do Rio WebFest 2016, que podem ser feitas no site oficial do evento: www.riowebfest.net

pablomarlon@basedenoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *