Tiro, porrada e bomba na volta dos trabalhos da ALERJ

DINHO 05
Foto: Dinho Moreira
DINHO 03
Foto: Dinho Moreira

No retorno dos trabalhos da ALERJ, o Rio de Janeiro vivenciou ontem, 1º fevereiro, pela sexta vez, com 64 votos a favor e seis contra, o deputado Jorge Picciani (PMDB-RJ), em chapa única foi eleito novamente o presidente da Casa. Do lado de fora, servidores com cartazes contra o pacto de medidas que o governo vem tentando aprovar pelos deputados e pedido de regularização dos seus respectivos pagamentos. O clima ficou tenso pela tarde, por volta das 14h30minutos quando houve uma tentativa da retirada das grades que cercam a Assembleia Legislativa do RJ. Os PMs começaram a jogar bombas de gás e bala de borracha contra os manifestantes. Os mesmos revidaram e outros se protegeram.

No próximo dia 07, terça-feira será colocado em pauta a polêmica privatização da CEDAE, em troca do repasse de R$3,5 bilhões. Segundo o Governador Pezão para acertar o calendário dos servidores públicos.

e-mail: marlonpablo@basedenoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *