A Tocha Paralímpica passou pelo Palco Samba, no Parque Madureira

2016.09.06-Revezamento-da-Tocha-no-Parque-Madureira_Fabio-Gonçalves01
Foto: Fabio-Gonçal-Revezamento da Tocha no Parq. Madureira

A Tocha Paralímpica passou na noite desta terça-feira (06/09) pelo Palco Samba, no Parque Madureira. O evento contou com apresentação da Cerimônia União das Chamas com a regência do consagrado maestro e pianista João Carlos Martins, do grupo Camerata Bachiana, dos grupos Patubatê, de percussão,  além de bailarinos portadores de deficiências.

2016.09.07-Revezamento-da-Tocha-no-Parque-Madureira_Fabio-Gonça
Foto: Fabio-Gonçal-Revezamento da Tocha no Parq. Madureira

O maestro João Carlos Martins disse que os atletas olímpicos são heróis, mas os paralímpicos são super-heróis. Pela primeira vez no Parque Madureira, o pianista que já passou por 22 operações apresentou músicas de Villa Lobos e Carlinhos Brown. Antes de tocar uma das Bachianas ao piano e o Trenzinho Caipira, de Villa Lobos, ele falou que encontrou na música a forma de chegar ao coração dos que, como ele, venceram adversidades.

Revezamento-da-Tocha-no-Parq.-Madureira_Fabio-Gonçal
Foto: Fabio-Gonçal-Revezamento da Tocha no Parq. Madureira

No meio do público, a psicóloga Raquel Machado disse que fez questão de levar a mãe na cadeira de rodas e os dois filhos para assistir ao show do maestro e, ao mesmo tempo, testemunhar a chegada da Tocha Paralímpica. Moradora de Bento Ribeiro, ela afirmou que a Paralimpíada é uma forma de incentivar e educar as pessoas. “Passei a conviver recentemente com a realidade e os problemas enfrentados pelas pessoas com deficiências, depois que minha mãe sofreu um acidente este ano. Os Jogos Paralímpicos e a superação dos atletas são fatores de inspiração para todos, sobretudo para quem vive esta realidade”, afirmou Raquel.

Depois do Parque Madureira, a chama paralímpica seguiu para o Museu do Amanhã, onde pernoitará antes dos revezamentos que precedem a Cerimônia de Abertura das Paralimpíadas nesta quarta-feira (07/09), no Estádio do Maracanã.

Fonte: Rio Media Center

marlonpablo@basedenoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *